Como mudar algo quase instantaneamente?

Temos ou não o poder de fazer mudanças em nossas vidas? Afinal quem está no controle? Essa é uma pergunta muito interessante e tem relação com o poder que podemos ter sobre os fatos externos.

Podemos sim mudar uma situação quando entendemos que temos o poder para isso. Não falo de um poder mágico e sim de um poder consciente. Quando sabemos como algo funciona temos mais capacidade de utilizá-lo melhor, certo? Imagine um celular cheio de funções. Se você ler o manual terá muito mais facilidade do que as pessoas que não leram, e utilizará muito mais funções. Nossa vida também funciona neste sentido, temos que ter consciência de tudo aquilo que podemos fazer e saber como fazer.

Em se tratando de poder da mente e controle sobre situações externas é necessário que entenda primeiro alguns fatores básicos. O primeiro fator, que está cientificamente provado, é que vivemos em um universo feito de energia e que as energias estão conectadas umas às outras. 

Tudo é energia, e o poder que move esta energia é nossa consciência sobre ele. 

Quando temos consciência deste fato sabemos que tudo se torna uma grande e única coisa. O que determina uma quantidade maior ou menor de energia (coisas) na vida de cada um são nossas emoções. Não entrarei mais profundamente na “metafísica” destas conexões, falarei agora sobre atitudes que “movimentam” a energia a seu favor para mudar qualquer situação.

Ok, se você tem à sua frente um problema e não sabe como resolvê-lo, pois conscientemente não consegue enxergar alguma solução, o que fazer?

Você deve em primeiro lugar se concentrar única e exclusivamente no seu momento presente. Deve literalmente parar de pensar no “como” (que implica em ficar mentalizando algo para acontecer depois) e fazer somente o que puder no momento. Isso fará você parar de colocar emoção (emoção é energia de ação e manifestação) em algo que ainda não aconteceu e se concentrar em algo que tem no momento. Caso não tenha nada, pare, leia algo, medite, cante, limpe o chão. Faça qualquer outra coisa que o faça concentrar-se 100% no momento presente.

E a segunda coisa a fazer é manter um sentimento de que “ficará tudo bem”, um sentimento de aceitação e ao mesmo tempo de agradecimento por uma solução que irá aparecer. Ajuda muito você imaginar o problema solucionado no futuro, por exemplo, se tem uma conta a vencer e ainda não tem dinheiro para pagá-la, imagine-se dois dias depois da data de vencimento feliz e com a conta paga, só isso!

Temos o poder de manipular nossos sentimentos. Quando manipulamos nossos sentimentos podemos realizar verdadeiras manifestações em nossa vida!

Cumpriu suas metas em 2012?



Ano passado provavelmente você, como muitas outras pessoas fazem, desejou e prometeu a si mesmo uma porção de coisas para o ano de 2012, certo?
 
Bem, já estamos quase no final do ano e aposto que sua vida está praticamente na mesma. Isso é tão comum que poderia até virar um objeto de estudo. Porque as pessoas não conseguem sair do lugar de onde estão para chegar onde desejam?

Em primeiro lugar, onde estão é considerada a zona de conforto. Isso significa que todos os fatores que fazem você ficar onde está são confortáveis, conhecidos e por isso você se sente seguro. Você prefere estar em um lugar conhecido e passar necessidades do que ir de encontro a algo desconhecido e incerto.

Tenho uma má notícia para você, daqui a um ano você estará no mesmo lugar, com somente uma diferença: estará um ano mais velho e duas vezes mais frustrado!

Se quiser fazer mudanças valiosas em sua vida precisa entender que é preciso fazer mudanças em relação a COMO faz as coisas. Você não conseguirá obter um resultado diferente se ainda estiver fazendo as coisas da mesma forma. Isso seria impossível!

Então mude a forma como faz as coisas no dia a dia. Em PNL temos alguns princípios básicos para entender como nosso cérebro processa informações e como fazer para mudar estes programas.
Quando mudamos esses programas, mudamos os resultados que vemos em nossa vida. Então uma dica básica é começar a fazer as coisas de forma diferente. Utilize caminhos diferentes para ir para o trabalho. Sente-se em lugares diferentes. Coma coisas diferentes. Experimente sensações diferentes. Por quê? Porque fazendo assim você abrirá caminhos para novas possibilidades e entrará em programações diferentes. Aprender como fazer as coisas de forma diferente abrirá caminhos e facilitará sua vida em todos os sentidos.

Agora, o que fazer com o seu projeto não cumprido para 2012? É só parar para pensar em tudo o que deveria ter feito e não fez e colocar em prática no dia a dia. Você desejou ter feito certa coisa, mas não moveu uma palha em direção a este objetivo? Continuou com o velho programa? Então é simples, faça algo diferente do que faz no seu dia a dia que resultará em certa quantidade de tempo na realização do seu desejo. Não existem milagres, somente estratégia! Seu vizinho conseguiu coisas? Pense naquilo tudo que ele fez de diferente de você!

Boa sorte!

Como o trabalho radiônico funciona?




No trabalho radiônico que realizo diariamente acontece duas coisas: Quando o pêndulo move energia provoca a transformação das energias que refletem nos acontecimentos da vida daqueles que estou tratando. Ao mesmo tempo que eu vejo (pois sou clarividente etc) como anda a energia da pessoa, como estão as coisas, e assim eu percebo aquilo que eu tenho que dizer para a pessoa mudar (sim, a pessoa precisa participar no processo de transformação).

Em casos mais complicados, energias estagnadas por muito tempo por exemplo, essas mudanças levam um tempo pois dia a dia é preciso ir mudando um pouco, é um processo lendo mas muito valioso, pois as mudanças realmente acontecem, primeiro na mente da  pessoa, depois nas coisas externas.

Costumo escrever para as pessoas (clientes) quando vejo algo de diferente ou quando preciso dizer para a pessoa fazer algo durante o tratamento, caso contrário não escrevo, mas continuo fazendo o meu trabalho.

Arolo-Tifar - Técnica terapêutica da Atlântida



por Cristina Longhi jornadasdaalma@gmail.com

O Arolo-tifar utiliza um sistema de comunicação idêntico ao que é usado pelos golfinhos. Segundo estudos científicos realizados com esses animais sabe-se que eles são capazes de enviar e receber informações, através de impulsos energéticos a uma longa distância e identificar situações incomuns, tanto no que diz respeito ao corpo como ao espírito.
Sabe-se de inúmeros casos de golfinhos que ajudaram pessoas em situações de emergência no mar, que foram salvas ou ajudadas por golfinhos, pois eles captam os impulsos energéticos da pessoa em desespero.
Arolo: trata-se de um sistema de identificação energética que permite diagnosticar a CAUSA principal de um problema e tratá-la de uma forma direcionada e específica, diluindo a causa para eliminar os sintomas que ela provoca.
As dificuldades de uma provação e ensinamento cármicos são facilmente identificadas, tornando mais rápida e fácil a sua superação.

O Arolo é um sistema de diagnóstico e tratamento de qualquer disturbio físico e emocional. Pode inclusive auxiliar para avaliar as carências ou excessos de substâncias terapêuticas no organismo, avaliando inclusive sua necessidade ou não.

No Arolo, o ser humano é avaliado sempre em sua totalidade, e nunca apenas pelos sintomas que ele apresenta. O adoecimento de um ser humano é sempre causado pelo seu distanciamento de sua parte divina. O Arolo visa exatamente desfazer esta desarmonia.




O Arolo seria o nível superior da escola de terapias. Em 1989, F.E.Eckard Strohm descobriu esta modalidade de cura e a tornou acessível a todos. A energia do Arolo era utilizada já em Atlântida pelos mestres da cura, os Tifar. Nesta modalidade o terapeuta participa ativamente do processo de cura, pois além de avaliar os sintomas, ele pesquisa a causa que provocou a desarmonia, e irá tratar diretamente a causa do problema. Basicamente a saúde significa a perfeita unidade entre o divino e o humano. Todo o desvio desta premissa provoca uma doença como conseqüência.
No Arolo avaliamos o problema em cinco planos:


Plano Espiritual
Plano Mental
Plano Psíquico
Plano Energético
Plano Físico
Depois de determinar em qual plano de sintomas está a causa geradora, se trata o plano causa. A causa pode ser por falta ou por excesso de energia, assim o terapeuta pode ou canalizar a energia divina que falta ou drenar a energia humana em excesso no paciente. A energia do Arolo propaga diretamente ao corpo energético, tornando assim o tratamento extremamente eficaz.
Através do sistema de diagnóstico do Arolo é possível também fazer uma avaliação das substâncias que o organismo necessita para otimizar a cura, podendo inclusive determinar as dosagens destas substâncias. Uma vez que não é uma modalidade exclusivamente energética, as alternativas através do Arolo são ilimitadas.

Sobre os níveis do curso dentro da organização:

AROLO©® I.
Se conhece o sistema de trabalho do Arolo, o símbolo de ligação ao Arolo, através do qual podemos determinar o plano causa, para posteriormente tratá-lo pela canalização ou drenagem da energia ao paciente.
Através da iniciação, o neófito conhece e vivencia sua ligação com a energia divina curadora dos mestres de Atlântida.

AROLO©® II.
Através da iniciação neste nível se torna possível alterar a estrutura energética dos diferentes planos. São aprendidos os símbolos para limpeza, reforço, harmonização que auxiliam a desfazer bloqueios e apoiar nos processos de aprendizagem. Torna-se possível a avaliação e dosagens de alimentos, substâncias, medicamentos, vitaminas, e muito mais.

AROLO-TIFAR I.©®
O Tifar é o nível de mestre do Arolo. Através da utilização de um conjunto de cristais programados pela metodologia dos mestres de Atlântida, o trabalho se torna mais amplo, mais rápido, mais eficaz e simples. Com o cristal do mestre se torna possível avaliar também o órgão que foi afetado pelo problema. Algumas técnicas adicionais são aprendidas que o participante então passará a utilizar continuamente, como por exemplo a eliminação rápida de uma dor. É estabelecida uma ligação energética entre o terapeuta e seu cristais de Tifar, que recebeu. Os símbolos recebidos, agora usados coloridos, tornam possível o tratamento à distância e a autocura.

AROLO-TIFAR II.©®
O Aluno recebe mais um conjunto de cristais, agora de ametista, que irão intensificar o seu trabalho. Com a ajuda destes cristais, a nossa energia interna purificada permite tratarmos o paciente com a técnica do "Homem de Cristal", em que se identifica suas doenças, bem como utilizar medicamentos energéticos (sem efeito colateral) da farmacopéia cósmica universal. Ainda pode-se efetuar a programação mental do paciente, para romper apegos que ele deseja e permite. Aqui o participante realmente percebe as potencialidades ilimitadas que o Arolo-Tifar oferece. Dependendo de seu desempenho no trabalho do Arolo-Tifar, poderá ganhar o direito de ensinar Arolo nos dois primeiros níveis, desde que aprovado no exame escrito e oral.



Christina Longhi é terapeuta, e instrutora especializada nessa técnica.  


Para tratamentos a distancia ou cursos é só me contatar: jornadasdaalma@gmail.com 

O vácuo que sente-se na mudança entre duas coisas


Mudanças são necessárias e muito saudáveis em nossa vida. Chega um momento em que a única coisa que sentimos é que o que estamos fazendo no momento não tem mais nada a ver com aquilo que nos tornamos ou com aquilo que realmente queremos.  Passamos a nos sentir inquietos com esta insatisfação, é um momento em que este sentimento é tão forte e não  conseguimos escondê-lo de nós mesmos.
Então decidimos mudar.  E mudar exige uma passagem  entre aquilo que estamos deixando para trás e o novo que queremos acolher. Entre estas duas coisas existe o que chamo de vácuo. Muitas vezes esta sensação traz sentimentos de incerteza e medo em relação a escolha certa. Como lidar com isso? Como aliviar este sintoma?
Bem, é preciso que entenda que é um processo totalmente necessário “esvaziar” o copo para que ele encha-se novamente com algo diferente. Tudo aquilo que não conhecemos inteiramente ainda traz uma sensação de incerteza. Aquilo que não conhecemos é tido como algo sem controle, a sensação de que não temos este controle traz o medo.
A melhor coisa que tem a fazer quando estiver neste momento de vácuo entre duas coisas é tentar definir do melhor modo possível aquilo que você quer. Ajuda fazer uma lista daquilo que não quer de jeito nenhum novamente em sua vida. É necessário ser forte neste momento para não aceitar coisas que sejam totalmente contrárias aquilo que deseja. Vale a pena ir pulando de galho em galho até chegar onde deseja, desde que esteja indo na direção certa, fazendo algo que levará você onde deseja, em vez de caminhar na direção contrária e ficar cada vez mais distante do seu desejo.
Outra sensação que é bastante comum é quando você se sente perdido sem saber o que fazer. Você não tem mais seu afazer anterior e nada começou a acontecer daquilo que você deseja. Neste momento pode passar a duvidar se tomou a atitude certa.
Bem,  todos estes sentimentos são comuns. Fora o foco que eu disse anteriormente naquilo que você quer, é importante se colocar a caminho. É importante também pensar positivamente a respeito de sua decisão. Lembre a si mesmo que tomou esta decisão com a intenção de sentir-se melhor e que em breve conseguirá aquilo que deseja.
A coragem para a mudança você já teve, agora é só esperar corajosamente para que a mudança se complete. Fique longe da opinião dos outros e mantenha-se no caminho de seu desejo com confiança.

A estrutura da magia e a verdadeira alquimia


Magia é tido como uma mágica, pode transformar algo em outra coisa, mas como isso se processa? O que acontece?
Magia é realmente sobre a mágica da transformação, algo que poucas pessoas conseguem compreender pois é algo que não se consegue ver.
Falo aqui de magia no sentido de energia, no sentido de energia transformada. Existem muitos aspectos sobre a magia e o principal a se entender é que somos seres energéticos. Tudo a nossa volta é energia.
Bem,  essas energias podem ser transformadas com determinados  “códigos”  e  “ferramentas”, vou explicar sobre algumas delas para você entender.
Quando falamos em magia falamos em movimento. É necessário a energia do movimento mental e energético para mover outras energias e fazer estas transformações.
Quando se trata de transformar “coisas” ou energias em outros seres vivos nos deparamos com certas barreiras. Por isso que não é tão fácil saber manipular esses  “códigos”. Muitas vezes os receptores tem certas barreiras contra determinado códigos e isso é bom! Um bom exemplo disso são as pessoas que são tidas como o corpo fechado, essas pessoas tem uma barreira de proteção energética contra tudo que venha de fora.
Na natureza existem substâncias como ervas e minerais que tem certas capacidades específicas. Por exemplo as substâncias utilizadas em um incenso tem o “poder de limpar o ambiente, movimentando energia   e varrendo acúmulos energéticos.
Mas as substâncias, e materiais da natureza no geral são paliativos quando atuam sozinhos. Sua atuação pode ser potencializada quando alguém com conhecimento específico “movimenta/manipula” essa energia através de “códigos” ou “ferramentas” que envolvem por exemplo a energia dos elementais, que são seres energéticos.
A intenção também é um importante elemento da magia. Fora ter o conhecimento de matérias a serem  utilizados, a mente tem um papel importantíssimo no comando desse “caminho”. Nada funciona muito bem sem que funcione como um todo.
A energia manipulada e utilizada ou movimentada da forma correta, com todos os elementos (físico, energético, mental e espiritual) faz a magia acontecer!
A magia mental,  a criação e interação com o todo é um estágio super  evoluído e a responsabilidade na utilização dele é super importante. Pessoas que estão neste estágio sabem de sua capacidade e sabem que qualquer deslize intencional trás de volta tudo para elas em uma velocidade incrível.
Quanto mais evoluído o conhecimento que  alguém tem sobre magia mais rápido a lei do retorno atua sobre a pessoa.
Geralmente pessoas que  intencionalmente tentam manipular pessoas com magia para seu próprio beneficio ou para prejudicar sem utilizar as verdadeiras leis tem este retorno lentamente e muitas delas tem partes amputadas de seu corpo como pernas, braços ou mesmo sérios problemas de saúde ligados a locomoção em seu futuro. Mas isso acontece de forma muito específica, não significa que pessoas que tenham partes amputadas ou problemas relacionados tenham feito magia no passado!
A verdadeira magia é transformação, é “alquimia”  verdadeira e deve ser respeitada.  A intenção deve ser sempre transformar para construir e nunca destruir! Tenha isso sempre em mente.
Ninguém deve construí algo “destruindo” algo que já é de alguém. 

Por Cristina Longhi

Coerência e Realidade


Uau! Será que você anda fazendo tudo aquilo que imagina que é ou gostaria de ser?
 
Tenho visto muita disparidade no que as pessoas me dizem que querem ser ou fazer com aquilo que elas realmente tem feito em relação ao que desejam. Simplesmente elas não param para se situar em suas próprias vidas. A maioria tem uma ideia irrealista da própria realidade e acham que o fato de desejar aquilo que querem as fará um dia acordar de forma diferente com tudo o que desejam subitamente realizado. Como no conto de fadas da Cinderela, no qual de um dia para o outro um príncipe aparece e realiza todos os seus desejos e ela passa a ter tudo o que sempre imaginou de bom na vida.

Bem, está na hora de cair na real. Não é assim que acontecerá, isso é a mais pura ilusão. Outro dia uma moça me escreveu dizendo "eu pretendo no futuro fazer um curso para dar aulas para crianças". Ela hoje trabalha em uma padaria e ela pretende fazer isso em dois anos. Sabe o que vai acontecer? Em dois anos ela não conseguirá nada do que pretende e ficará muito frustrada se continuar somente imaginando e desejando isso sem montar um plano de ação. Neste caso ela precisa de duas coisas principais para colocar seu plano em prática. Primeiro reservar um tempo semanalmente (o ideal seria meia hora por dia) para se dedicar a este plano. Ela poderia nesta meia hora por dia fazer um curso via internet, ou estudar sobre o assunto, fazer pesquisas, etc. A segunda coisa seria que ela deveria desde já montar um plano financeiro para isso. Ela precisa antes saber que tipo de cursos ela necessitaria fazer e começar desde já a reservar uma quantia para isso. Se ela não fizer algo agora, com certeza ela não conseguirá. E é deste tipo de ilusão que estou escrevendo. Existe uma incoerência muito grande naquilo que se deseja em comparação àquilo que se faz em direção ao que se quer!

Como saber se está sendo incoerente com o seu desejo?
• Se tiver um desejo e achar que magicamente ele acontecerá em uma data desejada (ano que vem estarei...)
• Se tiver um desejo no qual precisará ter ou saber coisas específicas a respeito do que deseja e ainda não começou a estudá-lo ou preparar o que precisará (ou precisará de dinheiro mais ainda não economizou nem um centavo).

A realidade é que você precisa colocar-se no caminho daquilo que deseja. Precisa movimentar sua vida agora em relação ao que deseja. Seja lá o que for, precisa arrumar tempo AGORA para o que deseja no futuro.
Sem estes ingredientes de ação, tempo e planejamento seu desejo não irá acontecer. As facilidades podem acontecer e magicamente SIM algumas coisas podem surgir depois que se sintonizar ao seu desejo, mas esta sintonia só acontecerá depois que se colocar em ação!

É assim que funciona! Acredite em mim!!!

Exercício para arrependimento/liberação


Imagine um lugar e uma fogueira no meio.

Imagine-se sentado em volta dessa fogueira em uma cadeira confortável.

Veja-se com um caderno e caneta na mão.

Escreva na primeira folha algo que fez que sabia que não era certo , que se arrependeu e que hoje sabe que faria diferente.

Sinta que o que fez foi porque não tinha um melhor conhecimento na época.

Rasgue a folha e jogue na fogueira para ser queimado.

Faça isso com cada coisa que vier a cabeça. Use uma folha para cada coisa. Escreva na folha o seu sentimento, se necessário peça desculpas, perdão.

Este exercício precisa ser feito por três dias.



O ideal é fazer antes de dormir.

Transmutação de sentimentos negativos através da radiônica




Você sabia que pode eliminar sentimentos que estão atrapalhando você?

Muitas vezes alimentamos um sentimento porque achamos que ele de alguma forma ainda é necessário (inconscientemente), ou porque simplesmente não conseguimos nos livrar dele mas sabemos o quanto ele nos atrapalha.

Através da transmutação deste sentimento conseguimos harmonizar a desordem em nossa vida e assim trazer o equilíbrio necessário em uma área específica da vida.

Também é possível quebrar o hábito da pessoa em pensar no outro..e assim puxar de volta este sentimento (quando se trata de sentimentos em relação a outras pessoas).

Para quem gostaria de transmutar um sentimento, estarei fazendo isso nos próximos dias. Esta transmutação leva em torno de 4 dias para ser realizada.

É necessário me enviar nome, data de nascimento e cidade que se encontra.
Investimento de R$ 60,00 somente. (Será trabalhada uma área da vida)

Vale muito a pena pessoal, tenho visto resultados fantásticos!

Para marcar me envie um email: jornadasdaalma@gmail.com


A criação de um novo e poderoso hábito.

Hábitos podem nos ajudar a construir algo que queremos através da disciplina, organização. Crie hábitos em sua vida que o faça caminhar cada vez mais para o sucesso.

Como criar um novo hábito?

Criar um novo hábito exige uma certa habilidade de reconstruir algo. Então é necessário criar uma caminho em sua mente para isso.
Nossa mente precisa aprender o caminho novo e ela aprende bastante por repetição. Chega uma hora em que algo aprendido é feito automaticamente. É como dirigir uma carro. Depois que aprende bem, não fica mais pensando em está na hora de trocar a marcha e nem fica pensando no caminho quando é uma caminho que faz todos os dias.

A melhor forma de criar um hábito novo é criar um novo "atalho" para ele em sua mente. É mais fácil do que simplesmente tentar apagar um hábito antigo.

Para sair do automático é necessário que coloque sua atenção em coisas novas. Por exemplo ajuda exercitar novos mecanismos mentais quando por exemplo todos os dias lembra-se de fazer algo diferente do que o habitual, como sentar-se em uma mesa diferente do restaurante, fazer uma caminho diferente, tentar usar uma roupa diferente.

Quando trata-se de quebrar hábito ruins é necessário primeiro achar algo prazeroso que supra o desejo emocional (carência) do novo hábito. Só tome cuidado para não fazer uma substituição ruim, não troque 6 por meia dúzia!

Existe um tempo necessário mínimo para a instalação de uma novo hábito que é de 21 dias. Este é o tempo considerado ideal para criar um novo hábito de forma bem profunda. Mas é necessário que não pare de fazer o novo hábito por 21 dias consecutivos.

Por exemplo se está disposto a colocar exercício físico em sua vida faça a "caminhada" por 21 dias seguidos sem aceitar nenhum tipo de desculpas. Depois desse tempo o hábito estará bem instalado e passará a sentir "falta" dele. Antes desse período dificilmente sentirá sua falta.

Pense sobre as razões porque quer mudar e todas as vezes que pensar em desistir lembre-se delas!

Boa sorte!


Como a mente funciona?


Em primeiro lugar é importante você entender que sua mente funciona como um programa de computador.
Imagine que existe um programa onde você poderá criar um arquivo onde mais tarde ele poderá se tornar realidade no mundo real. A mente funciona assim. Tudo o que você gravar nela, ela cria automaticamente na vida real. A grande questão são os "programas" que você utiliza para "gravar" seus arquivos.

Existem muitas formas de conseguir o que se deseja através da sua mente, assim como atalhos para chegar lá mais rápido.. Antes de começar a esclarecer como se utiliza esse precioso programa, quero dizer que precisa existir uma grande responsabilidade do que se programa nesse computador, principalmente se envolver outras pessoas. Cuidado com o que você deseja !
Então saiba o que quer primeiro, depois descubra a melhor forma de programar seu computador e utilizar todos os recursos da sua mente. A maioria das pessoas utiliza somente 10% de sua capacidade mental, não seja mais um a desperdiçar essa ferramenta maravilhosa que é sua mente.

Outra coisa necessária a fazer para programar sua mente é aprender a focar sua atenção com pensamento e sentimento naquilo que quer, que precisa estar muito bem definido antes deste passo.

E por final, é preciso sempre manter um estado neutro (sem se imaginar emocionalmente na situação) que não deseja, para não "atualizar" seu programa!

Lembre-se que o programa atual é sempre o que está em uso, e isso significa que é aquele que utiliza mais. No caso da mente é o que envolve pensamentos e sentimentos. Então se quer que as coisas aconteçam para você, vigie constantemente seus pensamentos e sentimentos.

Boa sorte!

Estágios no processo da melhora de relacionamentos:


Estágios no processo da melhora de relacionamentos:

1 - Abertura de consciência. De alguma forma o outro começa a ficar mais alerta ao que o outro sente. Começa a entender o outro como alguém que no mínimo merece ser "olhado". 

  

2- Entendimento: A Pessoa passa a prestar atenção e tenta entender um pouquinho do que se passa na cabeça do outro, tenta uma aproximação mais "carinhosa". Neste estágio começa a surgir o respeito pela opinião e sentimento do outro. 

  

3- Respeito e aceitação: Não importa se ficarão juntos ou não, mas surge o respeito pela pessoa do outro. Junto com o respeito surge a aceitação. Quando a pessoa aceita ela não tenta controlar, não tenta mudar, simplesmente aceita. 

  

4- Partilhamento: Este é um estágio avançado, nele surge a verdadeira amizade e companheirismo onde só o que importa é o bem do outro e o amor. Neste estágio não existe mais problemas. 

  

Cristina Longhi 

  

Você está ajudando ou atrapalhando com sua opinião?



Consequências desastrosas da falta de apoio

Muitas pessoas na ânsia de ajudar o outro acabam espantosamente atrapalhando. Por que isso acontece? Como em vez de atrapalhar, ajudar ao outro?

Quando gostamos muito de alguém queremos a todo o custo evitar que a pessoa sofra, queremos ajudar, queremos fazer as coisas por ela e impedir que se machuque. Este é um sentimento natural de proteção e é valido, mas o que acontece é que muitas vezes quando a outra pessoa conta algo para você, na verdade vem à procura de apoio e não de opinião. E você querendo ajudar, muitas vezes pega pesado no sermão de tudo o que a pessoa deveria ou não fazer e essa “dureza” toda é interpretada por aquele que foi em busca de apoio como um sentimento de rejeição.

Principalmente entre casais deve ser dada a devida atenção a isso.  Pois aquele que vem buscar apoio quer naquele momento somente ouvir que você o apoia, que está do lado dele. Esta hora não é a hora de você apontar nenhuma possibilidade pois se o fizer o que conseguirá será afastar a pessoa de você.

Por que isso acontece desta forma?  Porque uma opinião neste momento é entendida emocionalmente e não intelectualmente. Quando alguém vem te contar algo importante, algo que provavelmente está contando somente a você, deve dar sua opinião somente se a pessoa solicitar, do contrário deve ouvir e apoiar.
Pense em você quando teve que tomar decisões delicadas e quis compartilhar isso e em vez de apoio recebeu opinião. Provavelmente sentiu-se mal né?  Isso acontece porque a pessoa que está compartilhando algo tem motivos e valores internos a respeito do que está compartilhando e quando num momento desses o outro diz algo, e quando essa opinião vem de alguém importante na vida dessa pessoa, é entendido como rejeição.

E o que fazer nesta hora se você realmente está enxergando que a outra pessoa está equivocada? Você deve ouvir passivamente e com atenção.  Depois deve fazer perguntas para que a pessoa perceba exatamente o porquê de tudo. Mas deixe a pessoa responder, não responda por ela. Os motivos que fazem alguém tomar uma decisão são tão pessoais que dificilmente alguém que não está na pele da pessoa conseguirá entender verdadeiramente. Então cuidado com a sua opinião!

Relacionamentos doentios


O que torna um relacionamento doentio e o que fazer quando você não consegue mudar a situação?

Bem, relacionar-se é uma arte e temos que ter consciência de que não é fácil. Mas existem muitos casos nos quais o relacionamento entre duas pessoas passa dos limites. Neste momento a pessoa começa a sentir-se totalmente acuada pelo parceiro. Passa a prestar contas de seus sentimentos, deixa de ser livre. Sem contar os inúmeros casos de abusos de todos os tipos, no qual um dos piores é o abuso emocional, quando um dos parceiros utiliza poder sobre o outro. A pessoa passa a sentir-se totalmente destruída por tudo o que vem do parceiro, pois passa a acreditar em tudo o que ele diz. Mas porque que isso acontece desta forma e o que está por trás disso?

Geralmente o que está por trás de um relacionamento abusivo é um profundo sentimento de desvalorização pessoal. A pessoa que se submete ao outro não acredita que mereça algo melhor. No fundo essa pessoa acredita que isso é normal, que tem que ser assim. Ela não se considera capaz de seguir adiante sem a outra pessoa. Acredita que o parceiro é totalmente necessário à vida dela e por isso continua sempre a se submeter ao poder dele.

Essa situação  muda quando a pessoa entende o quanto o parceiro na verdade está errado. Quando a pessoa passa a enxergar que o que o outro diz não é bem assim e principalmente quando entende a intenção do outro sobre ela. Muitas vezes acontece de alguém de fora mostrar isso a essa pessoa e assim ela passa a enxergar coisas que não via antes, e começa a deixar de reagir tão fracamente ao outro.

Lembre-se que o normal é todos serem livres para pensar, sentir, fazer. Quando você passa a ser obrigado a fazer algo para agradar ao outro algo está muito errado nesta relação, hora de abrir o olho.

Sair de um relacionamento assim não é fácil, mas é muito possível. Se este é o seu caso é aconselhável procurar alguém experiente na área para lhe ajudar a se fortalecer, livrar-se de culpas e abordar o outro da forma correta. Assim conseguirá pelo menos enxergar uma luz no fim do túnel. O importante é ser feliz.

O poder das gerações


Você sabia que carregamos energia, sentimentos e situações por 4 gerações? Sim, isso significa que muito de sua personalidade foi formada não somente pela criação dos seus pais, mas também pela influência de seus avós, bisavós. Mesmo que não os tenha conhecido, carregamos essa energia dentro da gente. Já ouviu alguém falar “ele anda igualzinho ao avô”, ou “ela tem a personalidade que lembra minha avó”? Situações deste tipo são muito comuns.

Mas quero falar de outra questão a respeito dessa herança que recebemos de nossa família. Quero falar sobre os problemas que carregamos por algumas gerações. Sim, carregamos problemas emocionais e energéticos que se estendem através do tempo. Um exemplo disso são os casos nos quais mãe e filha passaram por situações parecidas. Isso acontece porque quando algo não foi resolvido lá atrás, essa energia ficou na aura familiar e assim ela é , digamos assim, absorvida pela geração seguinte para que seja experimentada novamente com o intuito de ser resolvida. É super importante que tenhamos consciência de certos fatores em nossa família para que tentemos esclarecê-los emocionalmente para curá-los.

Como fazemos isso? Trazendo estes fatores à consciência e aprendendo com os fatos. Quem faz isso alivia um grande peso, pois para de carregar algo que veio lá de trás. Em muitos destes casos não temos muita consciência, mas podemos resolvê-los quando sentimos que algo negativo em nossa personalidade ou em nossa vida não vai embora.  
Eu costumo resolver estes casos entendendo um pouco sobre o que se passou com a pessoa, vejo situações e as explico aos meus clientes, dizendo como aconteceu e como carregou o fardo e o porquê. No meu caso faço isso através de uma leitura da aura e de algumas vidas passadas. Existem também outras formas de se fazer esta leitura, o importante é a pessoa compreender e desatar os nós.

Esclareça o seu passado – Exercício prático

Nossa vida acontece naturalmente dia após dia e esquecemos muitas vezes de coisas que se passaram em nossas vidas e que tiveram um significado importante. Podem ter sido situações,  ou emoções que foram vividas com muita intensidade e que muitas vezes preferimos deixar passar, esquecer.
Gostaria de deixar claro que é necessário esclarecer nosso passado do ponto de vista emocional. Isso significa entender o que aconteceu da perspectiva de um observador agora. Porque devemos fazer isso? Porque em nosso  passado podem estar muitas das respostas que procuramos hoje. Quando nos perguntamos porque nos sentimos de uma determinada forma quando algo aconteceu, muitas vezes entendemos  muito mais do que entendemos lá na época. É por isso que é necessário esclarecer. Esclarecer significa clarear, colocar foco naquilo que é necessário entender. 
Esconder ou esquecer pode parecer mais simples, mas quando fazemos isso não conseguimos nos livrar de sentimentos que provavelmente foram entendidos de forma errada. Alguém pode, por exemplo,  se sentir culpado por algo mas depois que esclarece emocionalmente entende outros fatos da época e finalmente compreende o que aconteceu e liberta a culpa.
Existe um exercício muito simples que gostaria de ensinar e serve para passar a limpo qualquer sentimento. Escreva em um caderno o que aconteceu, o que sentiu, até sentir-se aliviado. Neste momento ninguém estará julgando você, então escreva porque tomou certas atitudes, porque acha que fez  aquilo. Escreva todo  tipo de sentimento e por final queime. Simplesmente vá escrevendo. Não releia! Escreva a lápis, pois o grafite tem o poder de absorver energias e ajudará você nesta tarefa.
Esclareça o porque sente-se assim e viva mais feliz o hoje! Boa sorte.

Autoestima perigosa


Quero falar hoje um pouquinho sobre as características de uma pessoa que se dá mal o tempo todo. São aquelas pessoas que vivem se metendo em enrascadas e, por mais que tentem se livrar dessas armadilhas, quando menos esperam estão lá de novo em situações parecidas ou piores.
O que faz este tipo de pessoa manter este padrão de atração? E como mudar isso?
Geralmente pessoas com baixa autoestima ou nenhuma estima por si mesmas têm uma característica muito comum, elas não acreditam nas próprias capacidades. Estas pessoas passam a vida tentando encontrar alguém que as valide como pessoas, e por não se darem o devido valor só conseguem se aproximar de pessoas que tem muito pouco a oferecer para elas. A pessoa compreendeu mal tudo aquilo que foi dito sobre ela na infância, hoje acredita que tudo que foi dito sobre a pessoa dela é verdade  A pessoa que cresce achando que é ruim; que não vale nada; que não consegue atingir um certo objetivo; que é fraca, acredita nisso com todas as forças e isso a faz atrair encrencas em sua vida.
Mudar uma situação assim é possível, inicialmente a pessoa precisa entender que ela não é formada pelas opiniões dos outros, que são somente opiniões,  e sim por características internas que ela ainda não conhece. Sim, porque pessoas com baixa autoestima não conhecem seu próprio potencial, conhecem somente aquilo que é dito pelos outros a respeito de quem são. Então, se este é o seu caso, comece filtrando todas as informações que chegam a você a respeito de quem é. 

Ajuda imaginar-se da seguinte forma:  Faça de conta que seu interlocutor está falando com um "outro" você. Assim, você verá a cena de fora e julgará se "aquele você" deve ou não aceitar aquela “sentença”. Faça isso de forma muito prática. Se não concordar com a opinião do outro, diga internamente a si mesmo: "não concordo e escolho pensar diferente". Só isso, você não precisa discutir com o outro. 
Antes de aprender a argumentar, o que seria um segunda etapa, precisa somente fortalecer o seu poder de opinar sobre si mesmo. Fazendo assim já enxergará uma enorme diferença e estará muito mais confiante!
Boa sorte.

Situações mal resolvidas de sua vida passada

 
Nascemos e os anos vão se passando. De repente encontramos certas situações que acontecem que não conseguimos entender, não sabemos porque certas coisas estão acontecendo  e achamos que estamos muitas vezes sendo castigados.
Trazemos para esta vida desafios que servem para contribuir com nossa evolução. Evoluímos porque precisamos passar por etapas para irmos ascendendo, que significa ir carregando mais luz. Somos todos iguais, só estamos em graus evolutivos diferentes.
Você sabe  que já ganhou muitas experiências de vida e hoje as olha com um sentimento de entendimento. Sabe que sem certas experiências certas cosias jamais seriam entendidas. É assim que deve encarar sua situação complicada. Tente olhar para esta situação do ponto de vista de quem precisa aprender algo. Pergunte-se a si mesmo o que é necessário ainda aprender com esta situação.
É muito comum situações  de relacionamentos complicados,  é o que mais acontece quando temos algo mal resolvido em uma vida passada. Voltamos a esta vida em papeis diferentes, e nos encontramos aqui com situações que servem  para revivermos situações que precisam ser curadas.
É muito interessante estes fatos sobre vidas passadas. Eu tenho este dom desde pequena de enxergar  a vida das pessoas em suas vidas passadas e entender estas conexão com a vida atual e o que mais acontece é que quando as pessoas entendem o porque certas coisas ainda acontecem, automaticamente  elas sentem uma leveza e conseguem relaxar mais e assim aceitar ou mudar uma situação. Isso acontece porque de certa forma alguém que tem um problema que não consegue muito ver uma resolução acaba achando que a culpa é toda dela, que fez algo errado. E quando entende um situação passada entende isso de outra forma, sob outra perspectiva. Ganham forças.
Nossa vida é feita de relacionamentos e a arte de se relacionar deve ser levado a sério para que você evoluía mais facilmente.

Dormindo fora de casa e lidando com a energia de outro lugar.


Tem muita gente que passa grande parte do tempo em viagens, dormindo em quartos diferentes quase todas as noites. Do ponto de vista energético, quando você dorme em uma cama desconhecida de um hotel está se deitando sobre vestígios energéticos das pessoas que passaram pelo mesmo local. Não te dá arrepios pensar em quem esteve nesta cama ontem? Como será que era esta pessoa? Não sabemos, mas também não importa.

O importante neste tipo de situação é você saber o que fazer quando chega em um local novo todas as noites para repousar. O que você deve fazer primeiro, como deve se comportar do ponto de vista energético?

Bem, é necessário entender que energias ficam acomodadas naturalmente  nos lugares, e é por isso que muitas vezes você “sente” algo quando adentra um local. Não quero dizer de maneira nenhuma que são energias ruins, estou apenas dizendo que são outras energias e que como não as conhece deve aprender a se proteger.

Como disse anteriormente, a energia se acomoda nos lugares e a melhor maneira de fazê-la circular novamente  é colocando-a em movimento. E como se faz isso?

Existem alguns recursos, você pode usar um ou mais deles, tudo depende da circunstância e de você mesmo, e se está ou não acompanhado por alguém que acredita nesta possibilidade.


Para circular a energia:

Utilize um sino, a vibração sonora movimenta instantaneamente energias que estão estagnadas. Inclusive este é um recurso poderoso que muitos terapeutas energéticos utilizam entre um cliente e outro.

Se puder, abra a janela e deixe o ar fazer o seu trabalho de circular o ar e renovar o ambiente.

Dependendo do lugar pode usar um incenso para fazer o ar circular, mas somente se tiver porta e janela abertas para a renovação do ar. Isso é mais difícil de se fazer em um hotel por causa dos detectores de fumaça e do cheiro que fica.

Caso saiba, entone mantras simples mas poderosos como OM e outros que deve conhecer. Os mantras tem o mesmo poder do sino, se puder utilizar dois mantras, melhor.

Pronto, isso basta para que consiga descansar melhor sem absorver energias de outras pessoas.

Raio –X do entusiasmo



Hoje quero falar um pouco da energia que move as pessoas cheias de certezas. Pessoas entusiasmadas com a vida ou algo, em geral não perde tempo se lamentando por algo que não conseguiram fazer e sim mudam sua energia instantaneamente conforme a maré.

Uma grande característica desse tipo de personalidade é a flexibilidade. Como podemos nos espelhar em pessoas desse tipo?  Que vantagem uma pessoa assim tem em relação às outras pessoas?

A principal característica de alguém assim é a certeza de que elas podem sempre continuar em frente,  seja lá com o que for. São geralmente pessoas muito alegres e que não ligam para as adversidades que aparecem pelo caminho. Por isso são pessoas flexíveis, que conseguem reverter tudo a seu favor. Em outras palavras são pessoas que estão felizes tentando conseguir algo.

Bem, e como uma pessoa que tem a personalidade contrária ao entusiasmo pode fazer para se beneficiar dessa característica?

Se você gostaria de se tornar uma pessoa mais audacioso em relação àquilo que quer realizar e ao mesmo tempo se tornar imune às opiniões alheias, é importante uma atitude mental clara a respeito daquilo que você acredita e do porquê acredita. Quando você acreditar que realmente pode conseguir algo, e entender que muitas pessoas pelo caminho acharão que está louco ou que está errado e entender isso como algo motivador, em vez de algo destruidor, seu entusiasmo só crescerá e cada vez mais estará fortalecido. Lembre-se de que grandes conquistadores conseguiram o que queriam ouvindo muito "não", muitos "desista" e muitas outras opiniões que fariam muitos realmente desistirem, mas eles entendiam internamente que o mais importante era que eles mesmos acreditassem nas próprias razões para conseguir o que queriam. 
Faça assim e nada te derrubará. Isso é poder pessoal.

Esperando uma oportunidade para vencer


Quando você se sente sozinho é provável que também se sinta triste. Pode ser que esteja triste porque tem uma esperança dentro de você de que alguém de fora enxergue o seu sofrimento. É, esse é um mecanismo inconsciente que algumas pessoas utilizam para se colocar e se manter no papel de vítimas. Esse é um recurso poderoso, mas infelizmente é algo que só traz resultado negativo. Algumas conseguem a tão sonhada atenção, mas isso só acontece porque muitas pessoas sentem pena de você, e outras se sentem na obrigação de fazer caridade, não deixando um “irmão” neste estado.

Se este é o seu caso, o que tenho a te dizer é que a sua melhor opção é entender que é necessário mudar de atitude. Mas como mudamos uma atitude? Você muda de atitude respondendo às suas emoções de forma diferente, usando outros caminhos, tentando outras formas de  lidar com uma situação que sempre se repete.

Você não deve se sentir culpado e sim entender que tentou fazer o seu melhor até o momento, mas agora que percebeu a verdade, sabe que precisará ser verdadeiro consigo mesmo para evoluir pessoalmente.

Sim, uma evolução pessoal é tudo o que você precisa para melhorar qualquer condição na sua vida agora. Quando conseguir olhar para si mesmo com coragem de enfrentar toda a verdade, se sentirá com certeza  aliviado. O que você está esperando? Comece hoje mesmo a dizer não ao sentimento interno de que precisa chamar a atenção do outro para ser feliz. Assim será feliz de verdade, estará bem em sua própria pele!

A energia presente nas fotografias e objetos pessoais


Você sabia que sua energia fica gravada em objetos que você toca ou usa? E que as fotos que você tira se tornam um perfeito raio-x para descobrir como está a sua energia?

Isso acontece porque nossa energia sempre se mistura com a energia do ambiente e por isso fica gravada, é  como sua impressão digital que fica nas coisas que toca. A nossa energia presente nas fotografias, por exemplo, pode se tornar um verdadeiro aliado em sua evolução pessoal, porque você pode descobrir o tipo de energia que tem ficado gravada nas fotos com mais frequência.

Nosso mundo é feito de energia em diferentes estados vibracionais e nossos pensamentos e sentimentos são também energias. Quando ficamos muito focados em apenas um assunto, essas energias vão ficando mais condensadas, vão se acumulando até tornarem-se quase solidificadas. Quando isso acontece é como se essas energias ficassem presas em nosso campo energético. 
Indo um pouco mais além para explicar como algumas doenças se formam, essas condensações energéticas depois de se tornarem mais densas “grudam” de tal forma que acabam afetando nosso corpo físico. Na verdade o que acontece é que nosso estado emocional cria estas energias, que transformamos em doenças por uma série de fatores. 
Quando alguém sensitivo como eu faz esta leitura energética e consegue enxergá-las, muitas vezes vê que elas ainda estão no campo emocional e energético, ainda não atingiram o corpo físico, mas estão quase lá. Assim conseguimos orientar a pessoa a mudar sua associação de pensamentos e ações, muitas vezes impedindo que a doença se manifeste. No caso de doenças que já se manifestaram é possível movimentar a energia fazendo um trabalho energético posterior e assim ativar a cura mais rápida da enfermidade. 
Todas doenças físicas começam com um estado emocional “exagerado”. Quando mudamos nossa postura emocional perante o mundo, mudamos também nossa energia e assim tudo em nossas vidas muda também.




Como lidar com seu chefe


Ter alguém a quem deve prestar contas é algo bem difícil de aceitar para muitas pessoas. Ainda mais quando esta pessoa é alguém com a qual você precisa lidar dia a dia.

Existem muitos aspectos desta questão, mas hoje escreverei somente sobre o seu ponto de vista em relação ao seu chefe. Não falarei sobre as características de seu chefe.

Bem, a forma mais fácil de lidar com um chefe é entender o papel dele em relação a você.  A própria palavra chefe já envolve um sentimento de poder sobre você e é assim que a maioria dos problemas com o chefe são criados.

Então como lidar com seu chefe de forma que consiga manter um excelente relacionamento?

1 – Não leve nada para o lado pessoal. Entenda que seu chefe precisa desempenhar um papel, e se você entender cada coisa que ele disser como sendo algo contra você, estará dificultando muito seu relacionamento. Entenda que ele te paga para executar um papel de forma específica. O que acontece muito nesta situação é que muitas vezes você tenta fazer algo do seu jeito e entra em conflito.

2 – Caso realmente queira fazer algo de outra forma porque entende que seja melhor assim, deve sentar-se e conversar com ele a respeito de forma impessoal. Não diga que a maneira dele está errada e sim surgira fazer algo de forma diferente. Exemplo: "O que você acha de fazer assim?" ou “Descobri uma jeito interessante de fazer isso, veja!”.

3 - Seja sempre paciente. Entenda que nem sempre lidará somente com pessoas iguais a você. Entenda que está desempenhado um papel onde troca seu tempo e conhecimento por um pagamento. Encare isso desta forma e ficará mais fácil.

4 – Caso tenha dificuldade de lidar com seu chefe porque detesta o que faz e o chefe é só a ponta do iceberg,  mantenha um pequeno mantra como este em sua mente: "Isto é temporário e farei o meu melhor."

Algumas vezes a situação externa não é a tão desejada, mas você tem o poder de definir como quer se sentir em relação ao assunto. Lembre-se que você atrai aquilo com que mais se preocupa, então relaxe e siga de forma positiva sempre!

Como acabar com a celulite - metafísica


Hoje vou ensinar uma receita metafísica para acabar com a celulite. Para os mais incrédulos soará como algo mágico e para os mais entendidos sobre energia saberão que realmente funciona!

Vamos lá! Metafisicamente falando sabemos que tudo é energia e que as energias possuem qualidades vibratórias diferentes.  Assim como a energia das cores! Neste caso utilizará a cromoterapia mental.

A melhor forma de acabar com a danada da celulite é utilizar a propriedade energética da cor rosa.

Veja como:

Várias vezes ao dia massageie a área afetada com suas mãos (precisa ser com as mãos) ao mesmo tempo em que imagina uma fumaça/luz/energia da cor rosa entre suas mãos e sua pele. Faça por um minuto cada área afetada.

Essa fumaça é uma nuvem de energia que tem a propriedade de derreter gordurinhas!

Sim, a cor rosa faz isso! Então faça essa massagem com este “truque” para acabar com toda a sua celulite!

Realmente funciona!! E é de graça.

Como estabelecer a mesada do seu filho


É importante as crianças entenderem que o dinheiro é bom, mas além disso elas precisam entender que é necessário ser responsável por aquilo que fazem.

Vou ensinar um sistema que criei e funcionou com os meus filhos. É um sistema de incentivo, além de tudo.

Ganhar a mesada é bom, e no meu caso eu queria que meus filhos entendessem que sou uma só e que preciso sempre de ajuda. Pois bagunça sempre foi a especialidade dos três.

Vejo o sistema que criei:


  • Estabeleça um valor baseado na idade da criança e uma data de recebimento e o informe.

  • Crie um cartaz com o nome da criança (funciona muito bem com adolescentes!) e cole em algum lugar movimentado da casa, a cozinha por exemplo.

  • Informe ao seu filho que este valor será entregue integralmente se ele cumprir as tarefas dele dentro de casa.

  • Informe que trata-se de um jogo e que cada vez que você encontrar algo fora do lugar você tirará um ponto (no meu caso cada ponto vale $ 1.00, já que moro nos EUA).

No dia a dia, ao encontrar uma toalha usada fora do lugar, coisas jogadas pela casa etc., vá até  o cartaz e anote um risquinho. Explique para seu filho que cada risquinho equivale a menos um real, por exemplo.

No final do mês, ou do período estabelecido, que pode ser semanal, faça a conta e entregue a ele somente o valor que sobrou.

 Vai se surpreender como essa técnica funciona!

E o melhor de tudo, vai economizar ou ter ajudantes perfeitos em casa!!

Boa sorte!

Como funciona a justiça divina?


Somos seres espirituais vivendo em um mundo material. Por causa deste fato temos muita dificuldade em entender e acreditar como funciona essa tal de justiça divina, principalmente porque ela tarda bastante. Nos momentos em que está sendo bombardeado por situações que lhe deixam de mãos atadas, a sensação que aparece é de incredulidade. Muitas pessoas deixam de acreditar no bom, no belo e na justiça divina.

Mas existem muitos aspectos da justiça divina que racionalmente não entendemos porque não sabemos como ela se processa.

É necessário entender que tudo é energia e que todas as energias estão ligadas. Por sermos seres energéticos, espirituais e estarmos atualmente vivendo em um mundo físico , nos submetemos a causas físicas como a lei de ação e reação.

Através de nossos sentimentos e pensamentos atraímos certas condições, muitas vezes nos metemos em arapucas que mais tarde parecem ter sido criadas somente pelo outro. Não entendemos a parte que nos cabe.

Mas e quanto aos casos em que realmente não temos nenhuma consciência daquilo que está acontecendo conosco? Muitos acham que certas coisas funcionam como castigos, mas elas funcionam somente como reação como já disse anteriormente. O que as pessoas não entendem é que estas reações muitas vezes foram causadas por atos anteriores, como por exemplo uma vida passada.

Outras vezes criamos uma culpa interior tão grande que achamos que precisamos pagar por algo. Daí você atrai tudo o que teme, pois o que tememos é energia também.

E quanto à justiça divina propriamente? Ela existe! Mas ela existe na forma de reação também. No caso de alguém que faz uma maldade por exemplo, muitas vezes essa pessoa não entende que o ato retornará para ela, essa pessoa não entende que o outro também é parte dele. E a pessoa que espera por justiça também precisa entender isso.

A melhor coisa a se fazer é libertar este estado energético negativo entendendo que aquela parte sua no outro está equivocada. Fazendo assim perdoará essa parte sua e liberará a solução do problema.

O mundo vai acabar em Dezembro? O terceiro segredo de Fátima.



A civilização Maia previu que o mundo pode acabar em 21 de dezembro de 2012. Assim como previu Nostradamus e a criança Lúcia que ficou horrorizada com a terceira visão em Fátima em Portugal, onde viu o que poderia acontecer no futuro (ela viu o mundo em chamas, destruição por todos os lados e muito sofrimento)

O que todos eles tem em comum? Bem, todos eles falam do fim de uma época que culminará em destruição, mas será assim mesmo?

Quero explicar hoje sobre estas situações do ponto de vista energético. Pode acontecer? Pode! Vai acontecer? Não da forma que imaginamos.

Trata-se de uma profunda transformação da realidade pela qual estamos passando. A humanidade como um todo tem metido os pés pelas mãos em questões como meio ambiente e tecnologia. As pessoas ainda não entenderam que tudo tem uma consequência e que a natureza como um todo está simplesmente reagindo. Em questões tecnológicas temos o maior perigo na questão energética gerada por transmissões “invisíveis” e a mídia que tem hipnotizado massas. O que está resultando tudo isso? Atitudes inconsequentes que a longo prazo causam nossa própria destruição, como no continente de Atlântida que afundou porque a tecnologia dos cristais líquidos utilizada de maneira errada criou uma bomba que explodiu e fez o continente afundar, tudo movido pela ganância de querer mais e mais. Estamos de certa forma repetindo alguns atos desta civilização passada.

Energeticamente esta tecnologia toda tem feito as pessoas agirem de maneira meio que hipnotizadas, fazendo com que o motivo principal da vida seja somente ter, em vez de ser. Pelo mundo temos visto cada vez mais disputas pelo poder, exatamente como aconteceu em Atlântida.  A busca pelo poder faz as pessoas ficarem cegas e pensarem que precisam ser melhores que os outros, sendo que não é nada disso.

Isso acontece porque esta energia está espalhada pelo planeta, mas existe um movimento contrário a tudo isso que tem ganhado muita força e que tem o objetivo de neutralizar esta corrente, ensinando a usar os recursos no geral de forma normal e não da forma exagerada. Essa é a corrente da nova era onde não existe fronteiras, diferenças e nem briga pelo poder.

O que deve acontecer? Precisamos chegar ao equilíbrio e para isso precisamos da ajuda de todos.

Pelas previsões as destruições são necessárias para que aconteça uma correção. Isto tem acontecido cada vez mais intensamente e continuará a acontecer até que entendamos certas lições. Simplesmente é uma questão de ação e reação.

Quando se fala em previsões falamos em algo que tem possibilidade de acontecer, mas que não necessariamente acontecerá, porque tudo depende de como agimos no dia a dia. Veja as previsões como um termômetro que pode nos mostrar se estamos chegando perto de algo perigoso e assim podemos corrigir nossa rota, nos prepararmos melhor.

A humanidade pode atrair a energia para sua própria autodestruição, como por exemplo, um asteroide se chocar com a terra. Então o caminho é nos corrigirmos, cada um fazendo sua parte para tornar o nosso mundo a cada dia melhor e assim atrairmos energia com a vibração de paz e amor ao  invés de ganância e poder!

Nós escolhemos nosso futuro!

Qual é o seu verdadeiro propósito na vida? Que profissão é a melhor para você?


Muita gente sente que deveria estar fazendo outra coisa ou estar em outro lugar. O que é considerado viver seu propósito de vida?

Considero viver fazer aquilo que você sabe que é bom para você. Tudo o que que traz um sentimento imenso de gratidão pela vida. É aquela sensação de prazer intensa que se sente por estar fazendo algo que o realiza totalmente.

Mas como saber o que é isso no caso de você não ter nenhuma ideia sobre aquilo que realmente gostaria de fazer?

Bem, viver a vida dos seus sonhos começa descobrindo tudo o que você faz de melhor. Esta é a melhor forma de saber se está no caminho certo.

Então comece eliminando opções que não tem nada a ver com aquilo que sente que você é. Coisas incompatíveis com a sua vontade. Tente mudar aos poucos todas as opções que foram escolhidas por causa das circunstâncias da vida ou por outras pessoas. Lembre-se de sua infância e das coisas que te davam mais prazer em fazer, assim poderá fazer uma nova escolha baseado em sentimentos verdadeiros.

Ajuda você se imaginar no mundo sozinho. Se não tivesse que prestar contas de nada para ninguém e se não tivesse nenhuma preocupação financeira, o que você faria? De que forma? Este será um excelente parâmetro para mostrar se você hoje está perto ou longe de seu verdadeiro propósito. Ajuda também a imaginar algo que faria até de graça, simplesmente por prazer.

É provável que você se descubra agora em um lugar muito distante do verdadeiramente desejado por você. Neste caso o que deve fazer?

Se esta for a sua situação, você precisará estudar opções para colocar aquilo que gosta em sua vida agora. Sei que não  dá para  largar um emprego que paga as suas contas e se atirar em algo incerto, mas é necessário que você se coloque no caminho daquilo que gostaria de fazer.

Uma dica que dou é começar a se envolver em sua desejada vida profissional, a princípio em forma de hobby. Estude sobre o assunto, se envolva diariamente em coisas ligadas a ele e monte um plano concreto para realizá-lo.

Por exemplo, se você ama música e gostaria de trabalhar com isso, mas hoje tem um excelente emprego em uma área completamente diferente, eu sugeriria que se envolvesse  na profissão pelas beiradas, de forma indireta. Poderia vender coisas relacionadas, fazer uns extras na área, participar de algum tipo de organização, dando aulas ou aprendendo sobre o assunto. É necessário que se envolva até que um dia descobrirá algo que poderá fazer diretamente e com segurança.

O caminho é simples quando você tira da frente todos os obstáculos e sentimentos, como "não posso", "não consigo", "é difícil", e os substitui por possibilidades que você mesmo colocará em seu caminho. Assim tudo ficará mais fácil.

Viver seu propósito de vida lhe trará a verdadeira felicidade!

Seu direito de ser Feliz


A infelicidade é causada por aquilo que costumamos fazer que vá de encontro a tudo o que não queremos. São ações na vida que achamos que precisamos, porque sentimos que não podemos fazer de outra forma. Ao longo do tempo acabamos com um sentimento de vazio interior tão grande que a imagem que vemos no espelho não é reconhecida como aquilo que pensamos que somos. Dentro de nós sabemos que queremos outras coisas, mas não temos a força interior para mudar. Isso acontece com você?


Traímos a nós mesmos quando queremos, por exemplo, ter uma conversa com alguém mas não conseguimos ir até o fim porque não queremos discutir, deixamos para lá. Ou quando sentimos medo da reação da outra pessoa.

Bem, esse sentimento não é bom e você deve mudá-lo dentro de você!

É seu direito de nascença ser feliz e o melhor medidor para isso é seu sentimento interior de felicidade. Você deve perceber onde seus sentimentos o estão levando. A melhor forma de fazer isso é prestando atenção nas suas escolhas diárias e fazendo somente o que trará alegria para você. Mesmo nas pequenas coisas, é importante você fazer escolhas baseadas em seu sentimento interior.

Pense no seguinte, a pessoa que encarna o papel de coitadinha sempre faz algo em função do outro. Por exemplo, comer demais, pois inconscientemente quer provar o quanto o outro faz mal para ela e não percebe que este ato somente trás infelicidade para ela mesma. Se esta mesma pessoa passar a fazer algo por si própria, como comer menos, a imagem de si mesma vai melhorar e ela se sentirá muito melhor.

Tudo em sua vida deve trazer um sentimento de felicidade e conforto para si mesmo. Este sentimento dará a você cada vez mais força para mudar sua situação. E este sentimento de felicidade virá quando não se importar mais com a opinião do outro.
 
Caso você entenda tudo isso, mas não consiga fazer escolhas a seu favor, vou ensinar um truque bem fácil de PNL:

Você vê o outro ou a situação sempre como um obstáculo, certo? E o que podemos fazer com obstáculos? Passar por eles!
Então faça o seguinte: Quando sentir dentro de si este obstáculo emocional, simplesmente o imagine como uma imagem, como se estivesse vendo a cena de fora. Agora se imagine um gigante que passa por cima deste obstáculo e o deixa para trás. Só isso!

Boa Sorte!

Como lidar com a inveja?


Invejando a possibilidade!

Quero falar um pouco de inveja boa. Todo mundo quando pensa na palavra inveja imagina algo ruim, como alguém querendo pegar algo de outra pessoa. Ou alguém querendo ser aquilo que o outro é. Esse tipo de inveja é ruim, pois a pessoa que a sente não percebe que ela mesma pode ser algo por si própria. Essa pessoa acredita que somente o outro pode ser ou ter algo! Acredita que no seu caso isso não é possível. Então quando deseja uma coisa e não a tem inveja o outro que a possui, geralmente maldizendo ou sentindo algo negativo em relação à pessoa.

A inveja pura não serve para nada. Mas quero ensinar a você hoje a repensar sobre o assunto. Estou falando sobre um novo jeito de entender a inveja falando do ponto de vista da possibilidade. Como é isso?

Bem, existe um jeito de desejar coisas que você não tem sem que sinta a vontade de tirar algo de alguém, e sim somente tendo o desejo de também chegar no mesmo  no mesmo lugar!

Este é um processo de auto correção em relação ao que sentimos em relação a tudo o que não temos mas que desejamos muito.

Como fazer isso, como devemos proceder quando vemos algo que queremos no outro ou com o outro?

Bem, você deve sempre olhar para essas coisas com um sentimento de possibilidade e isso significa entender que é possível. Se você “inveja” uma pessoa que tem aquilo que você gostaria de ter ou ser, você tem que entender que aquela poderia ser qualquer pessoa, inclusive você. A possibilidade que aconteça algo para qualquer pessoa é a mesma, a única coisa que muda é a aceitação interior da pessoa sobre isso.


Claro que muita coisa é ainda mais simples, você  deve entender que aquela pessoa que "inveja"  conquistou algo porque fez  alguma coisa para chegar lá. Neste caso deve usar este exemplo do “como” fazer para atingir o mesmo resultado.

Quando ver algo que quer ter, sinta que é possível você também ter. Assim a inveja passará a ser admiração pela conquista.

Basta entendermos como devemos agir para conseguirmos conquistar todos os nossos sonhos! Pense nisso.