Casos de pacientes



Caso resolvido depois da moça ter passado por muito médicos e não obtido nenhum diagnóstico!

Hoje vou contar uma caso de uma cliente que vivia à 5 anos com uma série de sintomas e nada que ela fazia adiantava. Ela já tinha passado por muitos consultórios e tinha feito os mais variados exames e nada. Ela tinha um caso crônico de alergia que não se descobria a causa principal.
Quando ela chegou para mim para o tratamento Arolo-Tifar a esperança dela era simplesmente que pudesse ser aliviada, ela não acreditava mais na cura, queria somente um pouco de alívio. No diagnóstico arolo logo na primeira consulta faço um diagnóstico energético para saber onde está a causa principal, em outras palavras, onde está a raiz do problema. Quando descobrimos a raiz do problema conseguimos realmente fazer um tratamento eficaz porque o que as pessoas tem geralmente são sintomas sobrepostos. A causa principal geralmente é algo não imaginado pela pessoa porque geralmente já aconteceu à muito tempo. No caso dela logo descobri que a causa dela estava no âmbito físico, o que podia significar coisas ligadas ao plano físico que poderia ser desde problemas ligados ao lado financeiro da vida até problemas orgânicos já estabelecidos (doenças). Não tinha se originado por exemplo por um motivo emocional ou cármico.
Logo em seu primeiro tratamento eu ví uma imagem dela comendo mel. Pode parecer engraçado para você, mas eu sempre veja imagens dos clientes que sempre me aparecem no sentido figurado, no geral são imagens até engraçadas. Outras vezes eu vejo diretamente no corpo uma mancha por exemplo e outras vezes ouço algo, sinto. Então não entendi o que aquilo significava, ela comendo alegremente pão com mel.
Continuei realizando o tratamento e no final dos dez dias ela se sentia muito melhor então me veio de novo a imagem e a intuição de que eu deveria falar isso para ela. Então segui minha intuição e contei que vi a imagem dela comendo mel e que aquilo deveria significar algo bem importante. Eu interpretei que o mel seria muito bom para ela e disse isso a ela. Ela me disse que amava mel e que sempre comia mel, principalmente no sítio da avó dela. Neste momento então entendi que isso estava causando a séria alergia que ela tinha.
Ela tinha se voltado completamente a alimentação natural, e mel era um dos alimentos que ela mais ingeria.
Um mês depois ela me escreveu dizendo que contou tudo aquilo para o médico e ele pediu para ser testado nela especificamente isso e deu que ela era altamente alérgica ao mel. No caso dela o mel não poderia matar ela, mas o efeito para ela era posterior, por isso ela nunca havia percebido. E assim o caso foi resolvido.





Vidas passadas -  Medo da vida - dependência de remédios

História de paciente que é um belo exemplo de como nossas vidas passadas atuam ainda!

A uns 10 anos atrás atendi uma moça que tinha um problema sério neurológico, desde muito pequena tomara remédios fortes, era dependente desses remédios e não deveria ter filhos por conta disso, essa era a recomendação. Ela tinha ausências.
Com um certo tempo de terapia ela entendeu sobre o processo dela e principalmente sobre o papel dela na própria vida e o seu poder pessoal. Aos poucos foi se transformando. Com o tempo não precisou mais dos remédios.
Mas ainda existia um medo grande de ser o que gostaria de ser. Até que um dia em uma sessão de vida passada a vi muito triste porque tinha abandonado uma filha. Aquela menininha que ela abandonou ficou esperando a mãe, que não voltou nunca mais porque  ficou doente e morreu..Ela trouxe a culpa e o medo para esta vida..
Quando terminamos a sessão e ela entendeu a situação eu disse para ela que esta menina estava preparada para voltar! (recado do mentor dela)
Um mês depois ela voltou e me disse que estava grávida. Teve uma gravidez super saudável contrariando a todos e teve um lindo menininho!. E eu disse, a menina vai voltar..Ela estava feliz com a nova vida, tinha casado no meio da gravidez, tinha uma nova vida em todos os sentidos e quando este menininho fez um mês, surpresa! Ela engravidou da menininha!
Ela conseguiu superar suas próprias limitações. Em um processo que durou em torno de 3 anos. Depois que saí do Brasil perdi o contato com ela. Mas sinto que ela está bem!
Este é um exemplo de como podemos mudar qualquer condição!
Um diagnóstico não precisa ser uma condenação..


Baixa auto estima causada pelo medo de se colocar no mundo


Uma professora universitária me procurou porque não conseguia passar em concursos e por isso sentia uma imensa frustração como sua queixa principal.
Começamos a pesquisar sua infância e vidas passadas e descobrimos juntas algumas coisas em sua vida que a faziam se sentir não merecedora. Também tinha muita dificuldade em aceitar coisas que aconteceram na família. Também tinha gastrite e outras queixas menores. Em três semanas de tratamento ela mudou completamente a forma como entendia os fatos em sua vida a aprendeu a compreender e lidar com muitas coisas do seu dia a dia. Sua mudança interna foi completa. Sua saúde também mudou, e principalmente sua autoestima. Ela passou a acreditar ser merecedora e que era possível que as coisas em sua vida acontecessem.
Ontem no almoço arrisquei comer algumas batatas fritas e meu estômago (gastrite)  não doeu nem só um minuto, como sempre ocorre quando teimo em comer alguma fritura. Depois fomos jantar na casa de alguns amigos e acabamos dormindo lá, porque o dono da casa queria beber e não arriscar a dirigir.
Na hora do jantar, "arrisquei' tomar um pouco de vinho (meia taça) para "testar" a minha gastrite... Na última vez que tentei tomar vinho (a única bebida alcoólica que gosto de tomar de vez em quando) eu vomitei muito depois, e isso aconteceu muitas vezes toda vez que eu teimava em beber alguma coisa.
Acontece que ontem não aconteceu ABSOLUTAMENTE NADA, parecia que eu tinha tomado água, quase não acreditei!
Depois, pra completar, na hora que fomos dormir, fui fechar a janela do apartamento e não ACONTECEU NADA, ou seja, meu medo de altura (aliás, pânico) praticamente sumiu... Eu poderia até mesmo subir naquela janela que eu não estava com medo algum! E olha que eu nem fiz a técnica  específica  que me ensinou para esse medo, mas é como se todos os meus "medos" tivessem realmente ido embora, não sei explicar. Só depois que e fechei a janela e percebi que não tive nenhuma sensação de vertirgem ou de dor, é que percebi o que de fato estava acontecendo... É como se um turbilhão de paz tivesse invadido a minha alma, não sei como explicar. Agora a vontade que eu tenho é a de espalhar essa sensação de paz para todas as pessoas que precisam dela... Muito obrigada mais uma vez!
Eu fiquei um pouco gripada (desde ontem, na verdade) e estou tomando remédio e meu estômago também não está doendo nada... Parece que fiz um transplante de estômago, não sei te explicar”

Comentários

  1. Creio em tudo que voce diz porque ja vivi uma infinidade de experiencias. Faco parto aqui em nyork da Summit lighthouse uma filososia do mestre Saint Germain e la tratamos de tudo estes assuntos. Paralelamente a isto conheco a tecnica EFT que e uma especie de aculpuntura mental e que funciona de uma forma maravilhosa... Voce conhece hoponopono? bem parabens pelos artigos, aonde posso encontra-la aqui nos USA.. best regards alda raphael betancourt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aldanita,

      Eu moro na Pensylvannia, 3 horas de NY. Muito especial seu trabalho!! Sim, conheço, uso e ensino todas estas técnicas aos meus pacientes. Anote meu email: jornadasdaalma@gmail.com , estou no face também..
      Obrigada, bjs, Cristina

      Excluir
  2. Gosto muito do tema, mas pq as próprias pessoas nao deixam seu depoimento, com nome e tudo??

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bloqueio da prosperidade - Constelação Familiar

Constelação Familiar - Exercício com o pai - prosperidade‏

DOR DE CABEÇA OU ENXAQUECA